My weekend in Bimini with my husband was the trip on which I received the most messages on my Instagram stories while traveling. So, to add to the video, I wrote a blog post about this paradise close to Miami with some tips and suggestions.

  • Disclaimer

 

How we got to Bimini:

De Ferry, uma balsa da FRS Caribbean.
Tempo de viagem – 2 horas
Necessário passaporte. Chegamos ao Porto de Miami as 6:40 e estacionamos próximos ao local de embarque ( custo diário é de 22,00 dólares ).
O balsa que faz o percurso é bem legal, tem duas áreas. No primeiro andar, Business Class e no segundo a Classe Econômica. Ambos tem banheiros, lanchonete com uma boa seleção de lanchinhos e bebidas.

Na ida fomos de Classe Econômica e na volta Business, a diferença de preço não é muita, então decidi experimentar as duas.

Minha preferência foi a Business Class, pois é a primeira a sair do barco. Para quem for passar o dia vale mais a pena.

NOTA: No site sempre tem promoções, no mês de maio eu consegui 20% de desconto nos tickets.

*eles dão remédio para náusea de graça na entrada do barco.

Dica:

A saída do barco, chegando à Bimini é dividida em 3 grupos:

1 – Business – sai primeiro;

Classe econômica;

2 – Pessoas que vão passar o dia – saem em segundo

3- Pessoas quem vão pernoitar – saem por último.

O desembarque em Bimini é bem rápido. A imigração é feita dentro da balsa.
Para sair do porto, seja para ir pegar os carros de golfe ou para o Hotel, existe um transporte ( daqueles parecidos com os da Disney ) que para em dois pontos, a primeira parada onde alugam-se os carros de golfe a  segunda parada no Hilton. Não tenho certeza se tem uma terceira…

Sobre o aluguel de carrinho de golfe para andar na ilha.

Alugamos diretamente pela balsa, que aparentemente é mais barato, mas aprendemos após trocar 3 vezes o carrinho de golfe, que tem outras companias que fazem o mesmo serviço, os carros são mais novos e melhores. O acesso a elas é no Hilton, os representantes ficam na porta do hotel.

O que tem pra fazer na ilha – Dia

 

Durante o dia, praia, praia e praia, dirigir o carrinho de golfe por toda ilha e explorar cada cantinho, seria a minha sugestão. Há também, alguns passeios de barco em locais onde pode-se fazer mergulho, snorkling ou visitar ilhas próximas. Não fizemos dessa vez, mas como voltaremos em julho com mais tempo, deixamos essa parte para uma próxima visita.

Quando parar nas praia, tente não ficar em locais muito desertos, pois pode aparecer um “Bebum Local”, deitar do seu lado na areia e puxar conversa, hahahaha, aconteceu com a gente 🙂

Tirando as praias, também tem o Hilton, que mesmo não ficando nele, por uma taxa de U$10,00 ( adulto ) U$ 5,00 ( criança ) da para usar suas instalações, como as piscinas, restaurantes, cassino e banheiros.

Onde ficamos:

Hilton At Resorts World Bimini

Vista da Varanda

 

Quarto com King Bed

 

 

Piscina Infinita Rooftop

O que tem para fazer a noite:

Tirando o Hotel, que tem cassino, restaurantes e bares, tenho três dicas de lugares onde os turistas e locais se divertem:

1- Luna Beach Bimini – chegamos no fim de festa -10pm- não ficamos, mas soube que durante o dia é bem movimentado.
2- Island House é o bar dos locais – não entramos porque havia uma confusão na porta, quando passamos de carro.
3- Bimini Big John’s Bar & Grill – é o local mais distante do hotel, ótimo para ver de tudo, dançar e se divertir, sem contar que fica na beira d’água. Se der sorte da para ver as arraias que brilham durante a noite.

Locais para comer e fazer amizades:

O Joe’s Conch Shack é sem dúvida nenhuma o tesouro da Ilha, como você pode ver abaixo na foto, é uma casinha feita de madeira, beira mar, na rua principal da ilha. Seu dono, o Joe, esta sempre por lá… se não estiver fazendo as famosas saladas de frutos do mar, fresquinhas, estará conversando com os clientes. Fomos lá nos três dias que ficamos na ilha. Nossos favoritos foram a Conch Salad, Conch Fritters e a Cerveja Kalik.

 

Ebbie’s, o local que eu falo no vídeo que não lembrava o nome,  é um barzinho escondido na beira do Bay, com uma outra atmosfera. Ele fica sobre a água, tem uma vista linda. 

É mais visitado por locais e pessoas que tem casas na ilha.

Nosso prato preferido foi o Peixe Frito e a Crack Lobster.

 

 

Como você pode ver, Bimini é uma delícia de lugar, bem pertinho da gente.
Passar o dia ou alguns dias, para ter aquela “Island Vibe” é mais próximo que imaginamos.